25/01/2016

Yoga e Montessori


O que é que o Yoga e a educação Montessori têm em comum?

O Yoga, tal como o método Montessori é um processo de descoberta. Ambos são um caminho para o auto-conhecimento da criança. Ambos criam um estado de espírito de paz e de tempo interior. Ambos buscam a auto-regulação da criança e promovem a autonomia nas suas acções.

A palavra Yoga significa união. São o Corpo, a Mente e o Espirito unidos num só. 
Ensinar as crianças como cuidar do seu corpo, da sua mente e do seu espírito, através de actividades sensíveis, como o Yoga, será um ensinamento para toda a sua vida.

Já assisti a aulas de Yoga para crianças, dadas por profissionais, e fiquei perdidamente apaixonada! É lindo demais! A forma como abordam as histórias e interagem com as posturas e com os objectos, tão profundo e dinâmico, que as crianças (e os adultos) ficam totalmente absorvidos por aquele momento. 


Porque não praticar Yoga com os nossos filhos, em casa? Como?

Claro que a orientação de um instrutor de Yoga será uma mais-valia. É óbvio que a práctica dos exercícios seria muita mais bem orientada e o enquadramento das posturas seria mais fundamentado. Mas nada nos impede de iniciarmos esta rotina! Podemos estudar um pouco este tema e desenvolver um programa pessoal, próprio, que nos seja possível aplicar em família, em casa com as nosssas crianças.




Criei uma série de Flashcards para fazer Yoga em casa com a minha filha. Sempre que queremos pegamos nos cartões e iniciamos a prática. E o mais giro destes flashcards é que basta levá-los na mochila e assim podemos fazer Yoga em qualquer momento! Sim, na praia, no parque, á sombra de um árvore...

Estes flashcards são um ponto-de-partida para criar momentos sensoriais, bem ao estilo do método Montessori, que exploram todos os sentidos. Podes partir para uma viagem com as posturas do avião ou do barco. Podes desenvolver a imaginação, levando a criança em jornadas cativantes a diferentes países ou sítios mágicos. 
Podes juntar paus e folhas ou encontrar animais no passeio pelo bosque...
Para criar "um plano", observa os interesses da criança, cria histórias sensoriais, integra as posturas de yoga mais adequadas a essas histórias e junta materiais sensoriais e elementos da natureza.  Ao desenvolvermos "um plano" estamos a criar empatia com a criança, porque queremos estar verdadeiramente com ela, no espaço e no tempo.  Estamos também,  a rodear-nos de toda a concentração que estes momentos exigem. E uma criança que se concentra é uma criança imensamente feliz. 



Nos dias que correm, onde a concentração, o foco, a atenção, são as palavras do dia, parece-me que esta actividade com as crianças faz toda a diferença. Para além disso, e não menos importante,  com o movimento do Yoga, trabalha-se toda a coordenação motora grossa.




Os flashcards estão disponíveis em pdf. É só clicar download na seta. Eu não cortei os cartões, de forma individual. Plastifiquei a folha A4 e deixei nesse tamanho. Para já, connosco, esse formato resulta bem. 

As imagens foram retiradas do google e com muita pena não consigo descobrir o autor. Gostaria de lhe dar os créditos. Fica aqui o pedido, se alguém conseguir identificar o autor, por favor, agradeço a informação.
Os nomes em português, das posturas, foram gentilmente dados por uma querida Instrutora de Yoga para crianças. Eventualmente podem ser adaptados outros nomes.



7 comentários:

  1. Estou aqui a pensar se o meu filho ia gostar... ele não pára quieto um segundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Só há uma forma de saber! Tenta! Cá em casa iniciamos com uma ou duas posturas...

      Eliminar
    3. Só há uma forma de saber! Tenta! Cá em casa iniciamos com uma ou duas posturas...

      Eliminar
    4. Só há uma forma de saber! Tenta!Se conseguirem uma ou duas posturas, para começar... Foi assim que iniciamos cá em casa.

      Eliminar
  2. Bem que gostava, mas acho que não vai pegar, até porque muitas das posturas não posso fazer. Mas ainda este ano quero começar a fazer as que consigo. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, aos poucos. Também há muitas posturas que não sou capaz! ;)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...