23/07/2017

Salada de Flores


A Fernanda Botelho é uma reconhecida Herbalista e tem espalhado sementes através dos seus livros e do seu blogue http://malvasilvestre.blogspot.pt/. Tem diversas publicações em revistas e presenças em programas televisivos. Participa em projetos escolares de educação ambiental e partilha com as crianças a sua sabedoria. É autora de vários livros.

O seu livro Salada de flores é um excelente livro infantil de iniciação à botânica e à ecologia. Escrito de uma forma sensível, as personagens participam numa inesquecível viagem ao mundo das plantas. Entre malvas e calêndulas, borragens e tanchagens,a Sara, a Maria, a Carolina e o Rodrigo divertem-se e aprendem. Uma horta ecológica onde não há lugar para adubos químicos, uma piscina em que a limpeza da água não depende do cloro, e uma casa de argila e de palha, com um jardim no telhado, são o cenário ideal para a aventura da Sara, da Maria, da Carolina e do Rodrigo, quatro amigos de palmo e meio que partem à descoberta da natureza.


Livro 'Salada de flores' from Sara Simões on Vimeo.


A quinta da Sara tem uma casa com um telhado verde.
Verde como a horta que fica mesmo ao lado,

Onde crescem morangos perto da borragem.

A borragem que dá coragem,

Coragem de não ter medo das urtigas.
Urtiga que servem para fazer chá, sopa e chorume.




 (origem Fernanda Botelho)

Nunca mais esqueci o livro, desde que o vi pela primeira vez numa livraria. Na altura achei que era um livro tão único, por ser dedicado a plantas e flores e escrito por uma autora portuguesa. As lindas ilustrações de Sara Simões tornam este livro ainda mais especial.

É curioso que,  por via deste blogue, tenha agora a oportunidade de ler o livro e de escrever este texto. Só posso sentir gratidão. 💜
Mas, não fazia ideia de outro pormenor maravilhoso - a Fernanda Botelho tem formação em Educação Montessori! Não há coincidências. Por alguma razão a encontrei.

Não resisti em colocar-lhe algumas questões sobre o Método Montessori. 

Como encontrou o método Montessori?
Desde muito cedo que tive a certeza que queria trabalhar com crianças e com plantas. Fui viver para Londres aos 17 anos e comecei a pesquisar vários cursos de pedagogia. Uns anos mais tarde, em 1985, depois de algumas viagens, regressei a Londres e  quando o meu inglês já estava bem interiorizado decidi inscrever-me no curso de Educadora Montessori.

Porque decidiu estudar o método?
Por várias razões. Existem muitas coisas nessa pedagogia que fazem sentido como a forte ligação à Natureza e o constante reforço nos métodos que conduzem a uma grande autonomia e independência da criança. Os exercícios muito estruturantes são ótimos em crianças que tenham uma natureza organizada e algum sentido de ordem mas são mais difíceis em crianças mais caóticas e desconcentradas acabando estas muitas vezes por se sentir frustradas ao não conseguir realizar. Existem muitos métodos pedagógicos e existem muitos tipos de crianças, para umas este método será ideal para outras fará mais sentido a pedagogia Waldorf ou Pestalozzi ou outra.

É possível aplicar o método em casa? 
Sim, claro.

Comentário final.
As pedagogias são como as religiões, não existe uma que esteja completamente certa. No fundo, a essência de todas as religiões, assim como a essência de grande parte das pedagogias é cuidar do bem-estar  e do desenvolvimento saudável e feliz de todas crianças.
Continuo no entanto a achar que uma boa pedagogia posta em prática por alguém que não tenha paixão e amor pelo que faz, não serve de nada. A melhor pedagogia é mesmo o amor e a verdade.


(origem Fernanda Botelho)

A botânica é um tema muito forte no Método Montessori. Já escrevi, várias vezes ao longo dos textos deste blogue, que a Natureza desempenha um papel fundamental no método. 
Salada de Flores é um livro fantástico para incluir nesta aprendizagem. A Fernanda Botelho vai às escolas apresentar o livro e leva um cesto das flores que constam no livro. As escolas deveriam incluir esta atividade no seu plano anual. Mesmo que, não haja a possibilidade da visita da autora, poderiam adquirir o livro e seguir a sua história, que é um lindo guia de introdução à botânica. Quer seja através da  história, quer seja através das ilustrações é delicioso apresentar às crianças. E será ainda melhor se forem juntos, colher as plantas. A mesma sugestão para fazer com a família.

Encantadas e inspiradas no livro, já começamos a fazer coisas! 😊



Entretanto, vamos colher flores e fazer a salada de flores comestíveis. 💚💚 Ou então, talvez o bolo de alfarroba.


A boa notícia é: A Fernanda Botelho e a sua editora Dinalivro Edições vão oferecer um exemplar aos seguidores do Taquid. 💚💛😊😊 Estejam atentas/os à página de facebook


Próximos eventos de Fernanda Botelho
13 de Agosto na Quinta da Ribafria em Sintra
3 de Agosto em Sintra Programa Ciência Viva (gratuito)
4 de Agosto Festival Zimp em Seia.
23 e 24 Agosto Jardim Botânico do Faial nos Açores
3 de Setembro na Quinta da Ribafria em Sintra
12 e 13 de Setembro em Sintra Programa Ciência Viva (gratuito)

0 comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...